terça-feira, 11 de agosto de 2015

O CHATO !

 
     
              Vamos deixar de blá blá blá?
Como você é chato! Até parece, mais nada disso é falado de fato! Geralmente encontramos em algum lugar do nosso cotidiano o famoso carrapato, grudento, língua solta e outros adjetivos que melhor não enumerar. Há pessoas que não tem desconfiômetro e soltam o verbo no ouvido alheio achando que está agradando!
     Não dá pra tolerar tanta asneira em uma só pessoa. E fala de tudo que comprou no dia anterior, do perfume novo que está usando, dos filmes que você já assistiu milhões de vezes e já comentaram sobre isso outras vezes...novelas, programas e do romance frustado ou bem sucedido. E toma  a falar, falar sem noção alguma sem saber se você está num dia bom para absover tanta baboseira!
    O chato, é todo aquele que está na hora errada, no lugar errado e pensa que agrada. 
    Simplesmente é um egoísta  que quer a todo custo aparecer e deixar seu rastro...e que rastro! Encontramos pessoas assim até em casa por exemplo: seu irmão, irmã que pega suas coisas sem avisar toda hora e diz que será a última vez e ainda te obriga a escutar o que fez usando seus pertences. Encontramos nas ruas, em pontos de ônibus falando sozinho e logo vira pra você e começa um assunto do meio e ainda te pede opinião! Em clínicas há sempre aqueles hipocondríacos que nem percebem que você também está lá por algum motivo, mas só ele tem enfermidades!
      Chego a pensar que o chato já virou uma síndrome chamada " lá vem ele"! Qualquer um adquire e ainda não encontraram a cura!
       Pois bem, eu posso ser uma pessoa chata de vez em quando, se estou aflita ou muito emotiva e você também. O que ocorre é que o chato nunca tem limites, ele é pegajoso, dissimulado, egocêntrico etc...
       Não estou exagerando! Certa vez conheci uma pessoa tão chata que dei graças a Deus afastar me dela. Só a imagem da criatura me deixava em pânico! Era um tal de... gosto muito de falar com você, a que horas sai pra irmos juntos conversando sobre aquele assunto... você anda tão calada, deve ter brigado com o namorado...ah! nem me esperou pra começarmos a comer juntas,
detesto comer sozinha... e aí vaiiiiii! Paciência tem limites!
        Se você conhece algum chato presta atenção: a melhor saída é cortar o mal pela raiz. Fala simplesmente do que não lhe agrada, que ele está sendo repetitivo, nunca dê motivos para ele continuar te absorvendo.
      O chato no fundo sabe que é um CHATO. Portanto esse é o prazer dele, desestabilizar o emocional do outro e depois sai de fininho para tomar fôlego. Isso é uma diversão pra ele, bobo é quem acredita que o chato não conhece sua condição! Eu mesma ouvi muitas vezes essa pessoa dizer me: Eu sei que sou chata, mas sou assim e não vou mudar, azar de quem não gosta de mim! Daí em diante eu passei a limitar conversas repetidas e cansativas com qualquer um. SAI DE MINHA ABA SEU CHATO!