sábado, 19 de março de 2011

Assim será?



















Faces, membros,pegadas,trilhos,alcançe.
Disformes,
lamuriosos,
em transe constante.
Assim seria minha vida sem você.
Distúrbio,
solidão,
esteria,
euforia e tensão.
Assim seria minha vida sem você.
Talvez,
quem sabe, será?
Não sei.
Só sinto ou pressinto.
Assim seria minha vida sem você.
A mente desregrada,
desarmada,
desamparada,
e aflita.
Tentando,
vendo,resgatando ou matando.
Assim seria minha vida sem você.
Querendo,
tolerando
precisando,
desejando e esperando.
Assim será minha vida com você.
Perdição,
tentação,
invasão.
satisfação,
busca.
Não há limites para dizer...
O que será da minha vida sem você.
quando não souber mais o que dizer.
e o jogo tornar-se mais confuso.
e o tempo o pior inimigo.
As palavras tornarem-se facas afiadas.
O silêncio um caminho obscuro.
O desejo encolher-se num canto escuro.
Os beijos mas parecerem mordidas de um cão feroz.
As dúvidas teias de aranha.
Não  mais conseguindo uma sintonia perfeita.
Os ruídos tornando-se insuportavéis.
Acabando-se a serenidade.
Não!
Não quero isso que me faria sofrer!
Quero o vento suave batendo no rosto.
Quero a minha tranquilidade adquirida
Quero o que me faz feliz!
Será mesmo que é você?