quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

" O Homem em você"









Expressar um homem por palavras requer sabedoria!
Ainda mais quando não se tem indícios reais em mãos,
Falar de um homem que não se conhece precisa cuidado!
ainda mais se ele superar os fatos, nos quais se possa imaginar.
Tenho em mente vagas suposições, que perdoem os Don juans..você os supera á todos!
Sua linguagem morna encanta as inocentes, mas quem tem malícias na mente, por ti não se engana!
Presumo que tua estatística seja alta...nos acordes de teu coração há várias notas tocadas.
És um exímio jogador, pode-se notar...tem em mãos as cartas certas, e na manga esconde o"As."
Libertá-se com astúcia de tuas libélulas ,que a ti nada despertam!
Prefere as misteriosas,que fascinam! Estou quase certa.
Quisera eu, simples mortal entender o coração de um homem feito a ti,
traçaria plano perfeitos para te neutralizar,
vendaria seus olhos para que não pudesses enxergar,
seus pés com fortes laços trançaria,
suas mãos algemas constantes, e chaves... nem pensar!
Se eu bem entendesse, um coraçaõ de um homem feito você...falaria de coisas que talvez nunca tivese ouvido...
Do mar que precisa ser admirado,
Da noite que não vive feliz sem estrelas,
De um colo que precisa estar presente,
de lembranças que nunca deveriam ser esquecidas,
do perdão que negastes algum dia,
do amor que negligenciou no momento mais difícil..
E pediria perdão pela minha ousadia...mas meu coração teve visões que não deveriam...
De que precisa refletir e voltar ao tempo...sondar seus pensamentos e trazer de volta quem te merecia. (Meu amigo Dedinha)