sábado, 2 de outubro de 2010

" Toda Mulher"






Quando se tem sete anos. Ama-se o cão, o gato, o papagaio e as bonecas.
O tempo vai passando, chega-se aos dez. O coleguinha da classe é o mais bonito do mundo! Os cabelos não podem ficar desarrumados, nem pensar levar lancheira! coisa de criança. Ensaia-se o primeiro beijo na mão,no espelho,na laranja,na porta do armário. e se duvidar ...sabe onde?! Mamãe levar até a porta da escola?!, é de última! Garotas de dez anos sabe andar sozinhas. Irmaõ a tira -colo? É a morte! As brincadeiras inocentes dão lugar as insinuações mais diretas. Fica-se vermelha ao pegar nas mãos, o rosto queima, o corpo vira geléia de morango. Mas quando chega-se ao quatorze anos...Ufa! Áí é problema puro! Os hormônios estão em alta, quase gritando! O corpo está mudando seus contornos, a voz está mais delicada porém decidida. O beijo certamente não é mais improvisado. Ama-se nessa idade: O professor, o dentista, o ídolos do rock,os modelos, o namorado da melhor amiga e aí vai... Aos dezoitos anos, muitas já tiveram sua primeira noite tão esperada! Satisfatórias,delicadas,desajeitada,inexperientes. Algumas dolorosas por serem rejeitadas,humilhadas,violentadas no seu pudor,trocadas por outra mais nova, ou naõ. E por aí vai... Aos vinte e oito anos, torna-se amante de algum homem infeliz no casamento ou apenas um bom vivant! Entrega-se pensando que vai ganhar a partida, as vezes sim , ou sai derrotada levando seu cartão vermelho. Possivelmente estabiliza-se em um bom emprego,ganhando presentes do chefe babão ou por mérito também.
Trinta e cinco anos. Já foi noiva abandonada,casada,divorciada e não sai dos barzinhos ouvindo MPB curtindo a solidão. Outras são bem resolvidas e vão a procura de diversão apenas. Voltam para casa felizes, e partindo para outra no dia seguinte.
Outras vão molhar o travesseiro por que o cara da noite passada não mais ligou. E por aí vai...
Quarenta anos. É o momento em que todas as idades resurgem juntas,extravasando conflitos,medos,desejos incontroláveis,maturidade, senhora da situação,manipuladora.
Deseja uma noite com o melhor amigo,um caso com o Ginecologista,uma saída para dançar com o visinho que lhe devora com os olhos, perturba a consciência de muitos ,apenas para vingar-se de alguém do passado. E por aí vai... Chegando aos... Não vou prosseguir mais com a escala, por que estarei sendo injusta com algumas senhoras, se é que no íntimo de alguma mulher existe esse termo?! Toda mulher aos sete anos quer ter dez
Toda mulher aos dez quer ter quatorze . Toda mulher aos quatorze quer ter dezoito
Toda mulher aos dezoito quer ter vinte e oito
Toda mulher aos vinte e oito precisa da estabilidade da de trinta e cinco
Toda mulher aos trinta e cinco imagina chegar aos quarenta, E por aí vai... quem quer entender uma mulher?
Não importa como nasçam, cresçam,amadureçam. Sempre serão mulheres,frágeis,fortes,meninas,inconsequentes,ingênuas,espertas. Mas todas querem amar e serem amadas. LAURA ESPERANÇA